Entenda a história e o significado de “Paciência de Jó”

Se você nunca falou antes, ao menos já deve ter ouvido alguém comentar sobre “paciência de Jó”. E ainda que você sabe o que isso significa na prática é possível que não entenda de onde veio a citação. Correto? O ditado existe por algum motivo e ele faz todo sentido. Veja só!

Jó é um personagem do Antigo Testamento, ou seja, tem raízes religiosas. Então, será que era alguém muito paciente, calmo e tranquilo? Bom, por aqui vamos começar por explicar quem foi Jó, conforme os ensinamentos bíblicos e disso partiremos para o ditado.

ANÚNCIO
Foto: (reprodução/internet)

A origem de Jó na Bíblia

era um homem rico que viveu na terra de Uz. Acredita-se que Uz fique na região leste de Judá, perto do deserto. A terra era propícia para a criação de gado e agricultura. A Bíblia diz que Jó era íntegro, reto e temente a Deus. “Desviava-se do mal” – (Jó 1:1).

Foto: (reprodução/internet)

Foi o próprio Deus que testemunhou que Jó era o homem mais piedoso e correto que viveu na terra em sua geração. Ele era casado (a esposa não teve o nome revelado nos textos bíblicos) e com 10 filhos. A família era unida, com banquetes de confraternização.

Jó foi chamado de o homem mais rico do oriente (Jó 1:3), mas, ele também sofreu muito. Ele perdeu todo o gado, os servos e a família. Vamos contar essa história abaixo. E vamos começar agora mesmo. Vamos lá!

ANÚNCIO

Quem foi Jó, personagem bíblico

Com base no Antigo Testamento, Jó foi um homem que tinha um coração muito grande – no bom sentido, claro. Isto é, ele era um homem de bem. Jó tinha 3 filhas e mais 7 filhos, em um total de 10 herdeiros. A profissão era algo como “criador de animais abastado”.

Foto: (reprodução/internet)

Ou seja, ele criava bois, ovelhas e camelos. Então, sabendo disso, vamos falar onde é que Jó entra na história bíblica.

Para pedir perdão a Deus pelos seus pecados e pelos pecados da família, muitas vezes o Jó sacrificava um dos seus animais e dava a carne para os mais pobres. A ideia era toda focada na redenção dele. O grande ensinamento é que ele desafiava o diabo. O motivo? Era rico.

ANÚNCIO

A época em que Jó viveu

Só que antes de contar a história de Jó e mostrar porque ele é conhecido como um ser paciente, a gente vai dar um passo atrás para nos localizarmos no tempo. Estamos falando de uma época que é mencionada no livro do profeta Ezequiel.

Foto: (reprodução/internet)

Assim, ele menciona Jó ao lado de Daniel e Noé.

Alguns estudiosos acreditam que Jó tenha vivido na era patriarcal, conforme os detalhes biográficos que são encontrados em trechos do livro sagrado. Por exemplo, o fato dele ter vivido há cerca de dois séculos (Jó 42:16) e com papel semelhante ao de Abraão (Jó 1:5).

Jó era rico e desafiava o diabo

A ideia bíblica diz que as virtudes de Jó desafiavam totalmente o diabo. Isso porque ele era um homem rico, que tinha tudo o que precisa para ele e para a família. Ainda assim, era alguém fiel à Deus

Foto: (reprodução/internet)

Os textos dizem que ele possuía 7 mil ovelhas e mais 3 mil camelos, além de 500 juntas de bois e mais 500 de jumentas. Ou seja, é algo tão grande e valioso que possivelmente ele foi um dos homens mais ricos daquele tempo.

Foi então que Satanás pediu a Deus que o tentasse para ver se na dificuldade ele se manteria fiel. Deus concordou com isso. E foi assim que aconteceu a aprovação de Jó.

Os piores acontecimentos na vida de Jó

Certo dia, Jó estava almoçando de forma muito tranquila como sempre fazia. Foi quando um mensageiro chegou correndo para dizer que guerreiros chegaram ao pasto dele e mataram todos os seus trabalhadores. Além de terem roubado todos os bois que eram de Jó.

Foto: (reprodução/internet)

Alguns segundos depois disso, veio outro mensageiro. Ele avisou Jó que raios caíram do céu e mataram todas as ovelhas e o pasto. Por fim, chega um trabalhador assustado e anuncia que inimigos de países vizinhos atacavam os muleiros e levaram os camelos embora. 

Ainda que calmo, Jó entrava em estado de choque. Nesse momento chega um próximo mensageiro, que envia a pior das notícias: o teto da casa do filho mais velho de Jó havia desabado e todos os filhos morreram no acidente. Em minutos, Jó perdeu tudo o que tinha.

A saúde Jó após as infelicidades e a fidelidade a Deus

Mesmo com todas as desgraças, Jó não se abalou. Conta a Bíblia que ele se levantou, rasgou toda a roupa, raspou a cabeça e se lançou em terra, afirmando que “nu saí do ventre de minha mãe e nu retornarei para lá. O Senhor deu, o Senhor tirou, bendito seja o nome do Senhor”.

Foto: (reprodução/internet)

No entanto, o diabo não estava satisfeito. Então, o que ele fez foi afirmar que Jó só conseguia se conter em meio as desgraças porque tinha muita saúde. Deus aceitou o novo pedido e deu a Jó uma enfermidade (uma doença).

Jó passou a ficar com feridas pelo corpo, o que se agravava para uma doença de pele mais séria. Porém, diferente do que o diabo esperava, ele não se abalou: “Se aceitamos os bens que Deus nos dá por que não vamos aceitar os males que Ele permite que nos aconteçam”?

O perdão e a recompensa de Jó

Certo dia, já desesperado com a doença, mas sem se abalar com a sua fé, Jó questiona Deus sobre o seu sofrimento. Deus respondeu com “quem é este que se atreve a discutir comigo”? Jó se recolhe, se desculpa e é perdoado por Deus.

Foto: (reprodução/internet)

Depois disso, ao notar que Jó havia passado por tantas provações e mantendo-se fiel, Deus concede a ele uma recompensa: o dobro das riquezas que ele tinha antes. Além disso, o amor de uma nova mulher, onde teve mais 7 filhos e mais 3 filhas.

As filhas eram as mais belas mulheres do seu tempo. Foi assim que Jó faleceu aos 140 anos, na paz e na tranquilidade do Senhor. Com esse enredo todo, Jó se torna um exemplo de fé e paciência para os religiosos.

Os amigos de Jó

Outra parte que merece destaque é quanto aos amigos de Jó. Especialmente, Elifaz, Bildade e Zofar. Eles saíram de suas regiões para se encontrarem com Jó, em Uz, após saberem de toda a desgraça que ele viveu há pouco tempo.

Foto: (reprodução/internet)

Naquele momento, Jó põe para fora um discurso de raiva e que afrontam o seu bom relacionamento com Deus. O problema é que os amigos acabam impulsionando ainda mais esse fervor. É por isso que vem a censura de Deus.

O resultado disso é que, muitas vezes, para ajudar alguém, a gente acaba falando coisas que vem cheia de moral e sabedoria. No entanto, é no desabafo que a pessoa consegue se encontrar, sem que outros precisem dizer algo.

O Livro de Jó

Atualmente, para quem estuda a Bíblia, o Livro de Jó é uma das maiores referências que se tem notícias. Ele é um dos Livros Sagrados, do Antigo Testamento e integra o que é conhecido como os escritos do Rei Salomão.

Foto: (reprodução/internet)

O que temos é uma obra narrativa, com relatos comoventes de demonstração de fé e de resignação do ser humano. Por isso, o nome de “Jó” é traduzido como “objeto de hostilidade”. As histórias narram as forças sombrias e as forças de Deus, seguindo passos e profecias.

Para sermos exatos, ninguém sabe ao certo quando o livro foi escrito, no entanto, a narrativa bíblica já inspirou filmes e peças teatrais, como é o caso da adaptação feita pelo Teatro da Vertigem, convertida na dramaturgia de 1992, Paraíso Perdido.

Mas, o que é a paciência?

Você entendeu a história toda e isso é ótimo. Porém, como explicar a paciência, vias de fato? Se a gente buscar a resposta no dicionário, a gente tem algo como “característica de equilíbrio”. O que está ligado, diretamente, a fatores emocionais, de controle.

Foto: (reprodução/internet)

Assim, saber se controlar frente as adversidades da vida, como fez Jó, é um resultado de ser paciente. O mesmo vale para infortúnios e imprevistos. Atualmente, uma palavra que tem sido bastante acompanhada da paciência é a resiliência, que é algo próximo de “resistir”. 

Mas, resistir em um sentido menos possessivo ou agressivo. É algo como se manter calmo. Estudiosos, especialmente da área da saúde, conseguem provar através de experimentos e situações reais que a paciência ajuda nas melhores tomadas de decisão.

Onde ler o Livro de Jó

Se você gostou da história de Jó, considere que hoje em dia é possível ler as narrações de vários modos diferentes e em vários lugares. 

Um dos sites é o Bíblia On, que tem uma versão NVI, com todos os capítulos de Jó distribuídos gratuitamente. São 42 capítulos ao todo. E ainda dá para ver os versículos mais populares, como esse, que está em Jó 8:7 e diz “O seu começo parecerá modesto, mas o seu futuro será de grande prosperidade”. 

Não há posts para exibir