Você pode morrer comendo esses alimentos

Provavelmente, você ingere comidas que fazem mal à sua saúde e nem faz ideia do quão perigosas eles podem ser. Sem contar que esses alimentos podem estar na geladeira ou na dispensa da maioria das pessoas e o pior, sendo consumido todos os dias. Ainda tem gente que acredita que alguns desses itens são saudáveis.

Claro que hoje em dia existe uma discussão enorme sobre o que é considerado saudável ou não. Ainda assim, separamos uma lista de alimentos que você pode morrer se continuar comendo ou comprando errado. Confira quais são para tirá-los de vez da sua alimentação ou pelo menos repensar na hora de ir às compras.

ANÚNCIO
Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Batata

Por essa ninguém esperava, não é mesmo? Dependendo da forma em que a batata se encontrar, ela pode ser uma grande inimiga da sua saúde. Este alimento pode ser consumido frito, assado, cozido, em forma de purê ou de escondidinho. Por conta da sua versatilidade, o legume é um grande queridinho dos cozinheiros de plantão.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

O problema é que a batata possui quantidade significativa de glicoalcalóides, que são tóxicos presentes nas folhas da batata. Esses tóxicos são produzidos naturalmente na planta para agir contra a ação de micro-organismos e insetos. Embora esteja só nas folhas, as substâncias podem acabar sendo ingeridas a depender da forma que são tratadas.

A forma de evitar esse risco é ficar atento na hora de escolher o legume no supermercado. O sinal de que as glicoalcalóides estão presentes é a cor verde na casca da batata. Por tanto, fique de olho para não levar veneno para casa.

ANÚNCIO

Castanha do Pará

A castanha do Pará é um alimento saudável e muito indicado pelos nutricionistas na composição de determinadas dietas. Porém é preciso ficar atento quanto ao selênio, mineral antioxidante. O ideal é que seja consumida no limite de 800 microgramas por dia, caso ultrapasse esse nível o que era para ser saudável vira o terror da saúde.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

A castanha do Pará em excesso pode causar dores de cabeça, dores no estômago, queda de cabelo, cansaço, enjoo, diarreia e enfraquecimento das unhas. Então perceba que não é um alimento para tirar da sua vida, mas precisa ser consumido na quantidade certa para não fazer mal à saúde.

Quando ingeridas corretamente, a castanha pode reduzir o colesterol, ajudar na prevenção de doenças cardíacas e do câncer, além de fortalecer unhas e cabelos. Ainda, oferece benefícios para o sistema imunidade e para a pressão arterial.

ANÚNCIO

Castanha de Caju 

A castanha de Caju é outro alimento utilizado para ajudar a inibir a fome entre as refeições. Ela pode ser consumida em porções de 30 gramas por dia. Nos comércios vendem ela com sal, mas o recomendado é optar pela não adição de sódio. Até aqui tudo bem. A questão é que este alimento pode ser o vilão quando ingerido cru.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

A castanha é prejudicial à saúde quando não torrada da forma correta. Isso porque o alimento é rico na toxina urushiol. Inclusive, essa mesma substância é encontrada em uma planta venenosa chamada Hera. Essa toxina pode causar sérios danos à pele, podendo ser letal dependendo da quantidade consumida crua.

Por isso é importante adquiri-las torradas e se certificar disso, principalmente aquelas que vêm em saquinhos já embalados. Tem a possibilidade de torrar as castanhas em casa, mas garanta que estará com luvas grossas para se proteger de machucados na hora de remover a casca.

Mandioca 

Assim como a batata, é preciso ter alguns cuidados na hora de comprar mandioca. A espécie mandioca brava é extremamente tóxica e não pode ser consumida como as demais. É necessário todo um processamento para que ela possa ser ingerida. A substância que torna esse alimento tóxico é o cianeto de hidrogênio.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

O cianeto de hidrogênio atua de forma perigosa no organismo, fazendo com que as enzimas compostas por ferro sejam desativadas. Além disso, pode causar tonturas, falta de ar, dores de cabeça e problemas no sistema nervoso.

Para ter noção da gravidade, os trabalhadores que têm contato com o processamento da mandioca apresentam os sintomas citados e isso  tem sido causa de preocupação da OMS. A exposição à toxina acontece porque a substância fica concentrada principalmente nas folhas e na raiz. Logo, os trabalhadores possuem contato direto ao arrancar e processar.

Maçã 

A maçã é outra aliada das alimentações saudáveis, com sua capacidade de inibir o apetite, e da higiene bucal, com a ação de limpeza dos dentes. De fato, é uma fruta rica em nutrientes e que dá benefícios ao organismo. Entretanto, nem tudo que está na maçã faz bem para a saúde.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

As sementes da maçã são altamente prejudiciais por conter cianeto, embora seja em menor quantidade que em outros alimentos como cerejas e amêndoas. Não funciona assim: comeu uma vez, morreu. No entanto, quando as sementes são ingeridas em grande quantidade e por diversas vezes, elas liberam um gás venenoso ao entrar em contato com as enzimas do corpo.

Peixe 

Sim, comer peixe pode matar. Mas não é qualquer um, é o peixe Baiacu que é uma espécie comumente encontrada no Brasil. Embora seja raro alguém comer esse alimento todos os dias, algumas pesquisas já apontaram que 5 pessoas morrem por ano depois de comerem o terrível peixe.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

O Baiacu se torna um alimento muito perigoso devido à tetrodoxina, uma potente toxina capaz de matar diversos camundongos em 7 minutos. A título de comparação, o veneno do peixe é 300 vezes mais tóxico do que o cieaneto de potássio. Os sintomas recorrentes do envenenamento são espasmos e dormência nos dedos e nos lábios. 

Quando os sintomas estão no começo ainda é possível fazer a desintoxicação no hospital. A prestação de socorro deve acontecer rapidamente. Depois desses sinais, o paciente apresenta fraqueza muscular, diarreia e vômito. Posteriormente, os espasmos tendem a ir para os pulmões causando parada cardiorrespiratória. Resumindo: evite o consumo do peixe Baiacu. 

Mel

É comum o mel ser utilizado para fazer a substituição do açúcar nos alimentos, mas o que você provavelmente não sabia é que ele pode ser um verdadeiro vilão. A flor Rododendro contém graianotoxina, uma substância tóxica que fica no pólen e no néctar dessa espécie. Dessa forma, o mel produzido a partir da Rododendro podem ser altamente venenosos.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Esse mel precisa passar pelo processo de pasteurização em razão da concentração da graianotoxina. Note que o alimento não faz mal quando processado corretamente. É a ingestão pura do mel da Rododendro que é prejudicial à saúde. Da mesma forma que o Baiacu, a toxina pode causar crises de diarreia e de vômito, dores de cabeça e fraqueza muscular. 

Arroz 

O arroz já não é um dos alimentos favoritos quando o assunto é vida saudável. No entanto, os malefícios vão mais além do que valor nutricional. Segundo a OMS, o arroz, ingrediente que muitos brasileiros comem todos os dias, é um dos alimentos mais ricos em arsênio. O país que produz o arroz mais “venenoso” do mundo é Bangladesh.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Diferente do grão produzido na Ásia, o Brasil produz arroz com quantidade menor de arsênio. As agências de saúde definiram o limite de 0,3 mg por quilo. A boa notícia é que o solo da região sul do país, lugar em que ocorre a maior produção de arroz,  não é contaminado por essa substância. 

Caso ainda queira garantir que o arroz não será um veneno para a sua saúde, lave os grãos várias vezes com água quente para remover parte da toxina. Assim, pode comer o alimento sem a preocupação de estar fazendo mal a si mesmo.

Atum 

Os peixes são considerados as proteínas mais saudáveis dentre os alimentos, entretanto existem algumas ressalvas. Assim como outros animais aquáticos, o atum contém alto nível de mercúrio o que é comum nos maiores predadores devido à alimentação dessas espécies. 

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

O problema do consumo desses alimentos é visto a longo prazo. Quando a toxina é acumulada no organismo, sintomas como fraqueza, perda de apetite e até mesmo úlceras. A expansão do mercúrio para o sistema nervoso pode causar insônia, ansiedade, oscilações de humor, enxaqueca e alucinações. Por este motivo, o ideal é ter um equilíbrio no consumo de atum. 

Tomate

Alguns mitos e verdades já giraram em torno do tomate. Mas algo que é interessante levar em consideração são os fatos sobre folhas e caule do fruto que são repletos de substâncias alcalina. A ingestão dessas toxinas causam sérios problemas de estômago.

Você pode morrer comendo esses alimentos
Fonte: (Reprodução/Internet)

Como nenhum excesso faz bem para saúde, comer tomate de forma descontrolada faz com que o organismo pare de produzir enzimas importantes para o cérebro. Porém essa não é uma causa do fruto em si mas dos agrotóxicos. Portanto, prefira alimentos orgânicos e frescos.

Asinha de frango 

Por último, temos as deliciosas asinhas de frango que não podem faltar no churrasco de muita gente por aí. No entanto, o alimento é prejudicial a saúde quando consumido em excesso devido aos esteroides, substância utilizada na produção das aves. 

O perigo é maior para as mulheres, pois pesquisas já apontaram que a ingestão desses esteroides podem causar cistos no ovário. Em razão disso, as cólicas menstruais, irregularidade no ciclo e desiquilíbrio hormonal podem acometer esse público.